Saiba como projetar um vida de sucesso e realização

Durante todos estes anos, jogando Tarot, o que mais ouvi foi: “Ah, e se eu soubesse disto antes?”

É uma indagação comum as pessoas, então eu resolvi te perguntar: “E se você soubesse o futuro? Como estaria sua vida hoje?” Muitas pessoas quando eu pergunto isto dizem apenas “diferente”, e o completo… “Melhor?”. O grande fato é que conheci o Tarot desde pequeno e sempre questionei a ele quais os melhores caminhos e como eu manteria aquilo que já havia conquistado. Eu não queria saber o futuro, mas sim eu queria controlar a minha trajetória e foi isto que fiz.

O Tarot me ensinou que tudo está escrito através da nossa mente somado as energias que nos rodeiam. O que você está vivendo hoje foi projetado há mais ou menos 12 meses atrás. É assim, na magia da vida, 1 + 1 = 2, então quando você entende aquilo que está passando e como você está reagindo sobre o que está a sua volta, você é capaz de direcionar a sua vida. É ter as rédeas da sua história nas mãos.

Atualmente, você sabe o que está fazendo de errado, quem você pode confiar e o que está acontecendo longe de seus olhos? Você tem consciência de seu interior e daquilo que realmente projeta para você. Aí está o grande segredo, você não precisa saber o futuro, mas sim reconhecer em detalhes o presente.

As cartas do tarot te revelam exatamente isto, mostrando que o seu interno é quem projeta o seu futuro e o que está a sua volta, facilita ou dificulta o que irá acontecer. Questione ao tarot “o que ele sente por você”, “como está o meu trabalho, saúde e casa”, “saiba com quem pode contar e qual o melhor caminho a seguir” e a cada resposta saiba que você está plantando um futuro de sucesso.

Bjs,
Luz e Amor
Daniel Atalla

.

.

Daniel Atalla

Daniel Atalla é Coach Espiritual e Tarólogo e é consagrado como um dos mais influentes espiritualista do Brasil. Conta com mais de 20.000 atendimentos pessoais e mais de 70.000 alunos em diversos cursos de desenvolvimento humano, em seus 25 anos de carreira.

Comments are closed.